Colômbia/Farc

Farc anunciam trégua de dois meses na Colômbia

O negociador das Farc Ivan Marquez (d) acena para a imprensa no início das negociações em Havana.
O negociador das Farc Ivan Marquez (d) acena para a imprensa no início das negociações em Havana. REUTERS/Enrique De La Osa

Os rebeldes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) anunciaram o início de um cessar-fogo unilateral de dois meses a partir da meia-noite dessa terça-feira. Essa é a primeira vez em dez anos que o grupo propõe esse tipo de trégua para uma batalha que já dura cinco décadas.

Publicidade

A trégua foi anunciada nessa segunda-feira durante as negociações das Farc com as autoridades colombianas em Cuba. Nas discussões em Havana os guerrilheiros aceitaram interromper todas as atividades militares durante dois meses. “Essa decisão política é uma contribuição das Farc para reforçar o clima de compreensão necessário para que as partes envolvidas cheguem ao objetivo desejado por todos os colombianos”, explicou o grupo em um comunicado oficial. “Essa é a demonstração de nossa vontade de gerar um clima político propício ao desenvolvimento de conversas para um verdadeiro tratado de paz para colocar fim no conflito social e armado”, enfatiza o texto.

As autoridades colombianas não responderam imediatamente ao anúncio, mas o governo já havia recusado várias vezes a ideia de um trégua durante as negociações. “Nós não falaremos de cessar-fogo antes da conclusão do processo de paz”, declarou em outubro o chefe da delegação governamental, o ex-vice-presidente Humberto de la Calle, quando as discussões começaram na Noruega.

As futuras negociações vão se articular em torno de cinco capítulos: desenvolvimento rural, participação das Farc na vida política, fim das hostilidades, luta contra o tráfico de cocaína, da qual a Colômbia é o primeiro produtor mundial, e os direitos das vítimas. O governo do presidente Juan Manuel Santos quer "construir uma paz estável" e, nesse contexto, "as Farc transformadas em partido político legal têm seu lugar", garantiu Humberto de la Calle.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI