Síria

Aeroporto de Damasco volta a funcionar depois de combates

Rebelde do Exército Sírio Livre se posiciona próximo de Damasco
Rebelde do Exército Sírio Livre se posiciona próximo de Damasco REUTERS/Fadi al-Derani/Shaam News Network/Handou

O tráfego aéreo foi restabelecido no aeroporto internacional de Damasco, depois de uma noite de combates entre soldados e rebeldes na região. De acordo com a diretora da companhia SyirianAir Ghida Abdellatif, os voos estavam interrompidos desde a tarde da quinta-feira, com algumas exceções. "Um avião austríaco da ONU deixou o aeroporto às 23h da quinta-feira, com 150 passageiros", disse. Ela atribuiu a paralisação a um "incidente técnico".

Publicidade

Mas o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) anunciou que houve combates e bombardeios em diversas áreas em volta do aeroporto, principalmente em Ghouta Oriental, região rural ao redor de Damasco, e em bairros do sul da capital. "O lado oeste da estrada para o aeroporto está seguro", garantiu um funcionário de segurança. "Mas o lado leste está repleto de 'terroristas'", disse, na terminologia característica do regime para designar os rebeldes.

De acordo com a ONG, dois funcionários da aviação civil morreram quando o ônibus em que estavam foi baleado por rebeldes. A mídia oficial diz apenas que eles foram feridos. A ONU anunciou que quatro membros de sua missão de paz foram feridos a balas em Golan, perto da fronteira com Israel, quando seguiam em comboio para o aeroporto. Na quinta-feira, o OSDH contabilizou 108 mortes - 41 soldados, 47 civis e 20 rebeldes - por todo o país.

Desde a quinta-feira, uma grande parte da Síria está sem telefone nem acesso à internet. Os rebeldes acusam o exército de ter cortado a comunicação para realizar um massacre, mas o regime alega se tratar de uma operação de manutenção.

O governo norte-americano também responsabiliza o governo Bashar al-Assad pelo corte nas comunicações. Para a Anistia Internacional, o apagão, "pode denotar a intenção das autoridades sírias de tentar esconder o que está acontecendo no país".
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI