Acesso ao principal conteúdo
EUA/Armas de Fogo

Massacre de Newtown faz Los Angeles antecipar recompra de armas

Pistolas e revólveres lotam lata de lixo durante a feira de recompra de armas em Los Angeles
Pistolas e revólveres lotam lata de lixo durante a feira de recompra de armas em Los Angeles REUTERS/David McNew
Texto por: RFI
2 min

A prefeitura de Los Angeles antecipou para esta quarta-feira sua tradicional campanha de recompra de armas, prevista inicialmente para maio do ano que vem. A Feira foi realizada com quatro meses de antecedência como resposta ao massacre de Newtown, que aconteceu no último dia 14 e deixou 28 mortos, entre eles 20 crianças. A tragédia reacendeu nos Estados Unidos a discussão sobre o porte de armas.

Publicidade

Nesta campanha de troca de armas, a prefeitura de Los Angeles ofereceu US$ 100 por pistolas e US$ 200 por rifles de assalto em forma de vales de uma grande rede de supermercados na Califórnia. Em entrevista coletiva, o prefeito Antonio Villaraigosa disse que era uma oportunidade para as pessoas devolverem armas que não usam mais. A prefeitura pretende destruí-las para evitar que elas sejam roubadas ou usadas em crimes.

Por outro lado, comerciantes afirmam que aumentou o número de vendas de armas de fogo nos Estados Unidos após o massacre de Newtown. Apesar de não disporem de estimativas, os vendedores afirmam que a procura cresceu diante do temor de que o governo americano adote medidas para restringir o comércio de armas no país, uma iniciativa defendida pelo presidente Barack Obama.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.