Acesso ao principal conteúdo
Papa/Conclave

Conclave para eleger novo papa entra no segundo dia

Religiosas cantam alegres à espera da fumaça branca em 12 de março de 2013.
Religiosas cantam alegres à espera da fumaça branca em 12 de março de 2013. Reuters
Texto por: RFI
3 min

Nesta quarta-feira, 13 de março, teve início o segundo dia do conclave. Na noite de terça-feira, a chaminé do Vaticano expeliu sua primeira fumaça negra. O futuro papa poderá ser eleito hoje? Na Praça São Pedro, milhares de fiéis acompanham a votação. A fumaça preta expelida na manhã desta quarta-feira (13) indica que o nome do pontífice não foi escolhido. Quatro votações estão previstas para hoje no conclave.  

Publicidade

Gina Marques, correspondente da RFI em Roma

O segundo dia de votações no conclave já começou e causa grande expectativa. Milhares de pessoas enfrentam o frio e a chuva e ficam olhando para a chaminé na Praça São Pedro na esperança de que a fumaça seja branca e que o novo papa seja eleito. Agora à pouco, às 11h35, a fumaça expelida foi preta e mostrou a indecisão dos cardeais, que devem voltar a se reunir à tarde. Estão previstas, no total, quatro votações.

Depois da cerimônia de juramento ontem, hoje os cardeais não precisaram jurar e foram diretamente da residência Santa Marta, onde estão hospedados, até a Capela Sistina.

Segundo a imprensa italiana, hoje é um dia decisivo para se verificar o peso da candidatura do italiano Angelo Scola, arcebispo de Milão. Ele é considerado o braço direito de Bento 16 e apontado pelos italianos como o favorito. Para os vaticanistas, Scola contaria com 40 votos, uma quantidade não suficiente diante dos 77 votos necessários para ser eleito com 2/3 de maioria.

Se for confirmada a previsão da imprensa italiana, os votos de Scola serviriam para formar um bloco, dificultando a vitória de outro candidato. Já o cardeal brasileiro, Dom Odilo Scherer, vem sendo alvo constante de críticas da parte da mídia da Itália que faz campanha abertamente a favor de Scola. Segundo os jornalistas italianos, Scherer poderia ter perdido votos por estar muito ligado à Curia, o governo administrativo da Santa Sé.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.