Acesso ao principal conteúdo
Cambodja/acidente

Acidente em confecção no Camboja deixa 23 feridos

Desabamento de uma fábrica de sapatos em Kampong Speu, no sul do Camboja.
Desabamento de uma fábrica de sapatos em Kampong Speu, no sul do Camboja. REUTERS/Samrang Pring
Texto por: RFI
1 min

Pelo menos 23 operários ficaram feridos hoje no desabamento de um prédio que abrigava uma confecção de roupas no Camboja. O acidente ocorre alguns dias após um outro desmoronamento que provocou a morte de duas pessoas que também trabalhavam no setor na semana passada.  

Publicidade

O acidente aconteceu no meio da tarde desta segunda-feira, horário local. “O local era velho e desmoronou na hora em que os operários faziam uma pausa para o almoço”, disse Hy Narin, um responsável da polícia local. “Ninguém morreu, mas 23 pessoas ficaram feridas”, concluiu. Os feridos foram levados para o hospital. Segundo pessoas que viram o acidente, os bombeiros continuam em busca de eventuais vítimas sob os escombros.

A confecção produzia roupas para marcas de roupas internacionais como a gigante sueca H&M. A Confederação Cambojana do Trabalho declarou estar “muito preocupada” com a segurança dos trabalhadores do setor têxtil. Na quinta-feira passada, o teto de uma fábrica de sapatos na província de Kampong Speu, no sul do país, caiu matando duas pessoas.

Em abril, o desabamento em uma fábrica têxtil em Bangladesh deixou 1.127 mortos e trouxe à tona o problema das condições precárias dos trabalhadores da indústria têxtil na Ásia. No Camboja, as exportações do segmento geraram US$ 4,6 bilhões de dólares para o país no ano passado. Há anos, porém, os sindicatos denunciam a carga horária excessiva, a má nutrição dos empregados, desmaios e a má ventilação dessas confecções.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.