Crise impede 21 milhões de franceses de sair de férias, calcula L’Humanité

Capa dos jornais franceses Aujourd'hui en France, L'Equipe, e L'Humanité desta quarta-feira, 31 de julho 2013
Capa dos jornais franceses Aujourd'hui en France, L'Equipe, e L'Humanité desta quarta-feira, 31 de julho 2013

Temas diversos nas primeiras páginas dos jornais franceses desta quarta-feira, 31 de julho de 2013. O único destaque presente em todos os diários é a façanha do nadador francês Yannick Agnel que ontem conquistou a medalha de ouro nos 200 metros livres no Campeonato do Mundo de Natação em Barcelona. No auge das férias de verão aqui na Europa, alguns jornais já fazem um balanço negativo da temporada. Por causa da crise, milhões de franceses não puderam viajar.

Publicidade

Segundo o Aujourd'hui en France "o início do verão foi bem tímido" e o balanço de turistas no mês de julho é decepcionante. Eles não viajaram por causa do mau tempo, já que choveu mais do que o previsto, mas principalmente por causa da crise. Somente 62% dos franceses, contra 70% no ano passado, vão tirar férias neste verão.

O diário l'Humanité também fez as contas e informa que 21 milhões de franceses vão passar as férias este ano em casa para fazer economia. As famílias pobres são as mais atingidas, lamenta o jornal comunista.

Para piorar a situação, os turistas estrangeiros, que no ano passado geraram um lucro de quase 36 bilhões de euros para o setor, também deixam de visitar a França. O Aujourd'hui en France escreve que eles estão preferindo países europeus mais ao sul do continente.

Por causa da crise, hotéis na Grécia e na Espanha estão dando descontos, os preços estão mais em conta e ainda por cima o sol é garantido. Resultado, a taxa de ocupação dos hotéis e restaurantes franceses registra queda de 10% em média, de acordo com dados da principal Federação Francesa de Hotelaria, citada pelo jornal.

Em algumas regiões do país, a queda chega a ser de 30%. Apesar do mês de agosto apontar uma alta de 2,3% nas reservas, vai ser impossível recuperar o prejuízo já registrado em julho, afirma o jornal Aujourd'hui en France.

Ouro em Barcelona

Os jornais franceses não escondem o orgulho com medalha de ouro conquistada pelo nadador francês Yannik Agnel, ontem no Campeonato Mundial de Natação.

Quase todos os diários trazem na capa a foto do nadador de 21 anos comemorando a vitória. "Invencível" é a manchete do L'Equipe, lembrando que Yannik Agnel foi o campeão olímpico na mesma categoria, 200 metros livres, no ano passado em Londres.

Apesar de ter decidido trocar a França pelos Estados Unidos para treinar, o nadador confirma que integra o grupo dos melhores do mundo, elogia o jornal L'Equipe.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI