Acesso ao principal conteúdo
EUA

Obama pode ser grande vencedor da crise política dos EUA

O presidente dos EUA, Barack Obma.
O presidente dos EUA, Barack Obma. REUTERS/Kevin Lamarque
Texto por: RFI
2 min

Depois de 16 dias de uma queda-de-braço política histórica, com o apagão parcial do governo e o risco real de um calote inédito, o grande vencedor da pendenga entre republicanos e democratas atende pelo nome e sobrenome de Barack Obama.

Publicidade

*Eduardo Graça, correspondente da RFI em Nova York

Ao denunciar a tática da oposição de fazer o governo de refém para conseguir avançar uma agenda reprovada pelos eleitores no ano passado, o presidente provou ser capaz de jogar com maestria o xadrez delicado da política americana.

A chave para a interpretação de momentos políticos históricos muitas vezes está em detalhes como o sorriso do presidente ao responder à pergunta de um repórter logo após o discurso em que celebrou o acordo aprovado no Congresso. “O senhor acredita que iremos passar pelo mesmo sufoco no início de 2014, quando vence o prazo acertado para o financiamento do governo e o aumento do limite do teto da dívida pública?”. A resposta foi tão monossilábica quanto decidida: “Não”.

Estima-se que a economia americana tenha perdido mais de 24 bilhões de dólares por conta da recusa dos republicanos em aprovar uma lei de orçamento que incluísse a reforma da saúde. A expectativa de crescimento do PIB no quarto trimestre do ano foi cortada em pelo menos um terço.

Mas no primeiro dia em que os EUA voltaram a respirar com alguma tranqüilidade, o presidente preferiu tratar de pautas que considera emergenciais – a reforma da imigração, o estabelecimento de um orçamento a longo prazo e uma nova legislação para o setor agrícola. “Não há vencedores”, disse Obama, de olho em prêmio mais importante: seu legado. Resta saber se os moderados conseguirão dobrar a direita radical no cada vez mais dividido Partido Republicano.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.