França/Copa do Mundo

Imprensa descreve expectativa para França x Alemanha na Copa

Milhares de torcedores assistiram o último jogo da França na Copa, na última segunda-feira (30), em um telão instalado diante da prefeitura de Paris; nesta sexta-feira o país deve parar durante a partida contra a Alemanha.
Milhares de torcedores assistiram o último jogo da França na Copa, na última segunda-feira (30), em um telão instalado diante da prefeitura de Paris; nesta sexta-feira o país deve parar durante a partida contra a Alemanha. REUTERS/Gonzalo Fuentes

França e Alemanha se enfrentam nas quartas de final da Copa do Mundo no Brasil nesta sexta-feira (4). A imprensa francesa dedica muitas páginas a esse confronto entre dois países historicamente rivais dentro e fora dos campos de futebol.

Publicidade

"França e Alemanha: a outra partida" é a manchete de Libération, que comparou as duas nações segundo critérios nada ortodoxos, como os sistemas para controlar o preço dos imóveis. E chegou à conclusão de que ele funciona melhor na Alemanha. Em Berlim, o metro quadrado custa três vezes menos que em Paris.

Outro critério é a educação. E aí a Alemanha dá de 3 a 0 na França, segundo Libération. Isso porque, depois de obterem uma má classificação no ranking PISA (Programa Internacional para Avaliação de Estudantes) da OCDE (Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico), ficando atrás da França, os alemães arregaçaram as mangas e adotaram várias medidas para melhorar seu sistema escolar. Resultado: no último levantamento da OCDE, eles ficaram bem à frente dos franceses. Em compensação, no quesito moda, Libération aponta uma vantagem para o país de Chanel e Dior.

Cinema, filosofia, escândalos político-financeiros, vida noturna, uso do carvão como fonte de energia e até consumo de cerveja nos dois países também são comparados com muito bom humor pelo jornal progressista.

No editorial, Libération afirma que franceses e alemães não têm mais a rivalidade marcial do passado, mas que ainda se pode alimentar uma certa inveja do país vizinho diante de estatísticas econômicas impressionantes. No entanto, o jornal progressista afirma que, segundo seus critérios, a França sai vencedora. Resta saber se esse sucesso será confirmado em campo...

Futebol

Voltando ao futebol, Libération diz que somente o fato de ser um jogo das quartas de final da Copa do Mundo no mítico Maracanã já garante um lugar na memória do esporte francês. Além disso, a Mannschaft é "o inimigo dos sonhos" dos franceses e o jogo desta sexta-feira é uma oportunidade de ouro para vingar a famigerada derrota contra a Alemanha na semifinal da Copa do Mundo de 1982, em Sevilha.

"França contra Alemanha, uma outra história", diz a manchete de Aujourd'hui en France, que dedicou sete páginas ao jogo. O diário popular considera que, com essa partida, "os Bleus têm a chance de fazer da sua aventura brasileira uma verdadeira epopeia".

Segundo o jornal, os torcedores franceses esperam um jogo lendário e a França vai parar hoje para ver o confronto com os vizinhos alemães. O diário popular ainda entrevistou grandes campeões do passado que elogiam a atual seleção francesa, como o alemão Franz Beckenbauer e o português Pedro Pauletta.

Le Figaro também considera esse jogo histórico e diz que, ao chegar a essa fase da competição, a seleção francesa não tem mais nada a perder, e tudo a ganhar. Os Bleus ganharam confiança em si, diz o jornal conservador, e acreditam na vitória contra a Alemanha. Le Figaro traz um perfil de Raphael Varane, o jovem de 21 anos que é uma estrela em ascensão do futebol francês.

O defensor central dos Bleus também ganhou destaque no jornal esportivo L'Equipe, que analisa em detalhes os trunfos e táticas das duas seleções.

Brasil X Colômbia

Com toda essa expectativa para o jogo da seleção francesa, a imprensa dedicou pouco espaço à partida entre Brasil e Colômbia. Libération diz que "uma Seleção até agora longe de se mostrar genial vai enfrentar a mais brasileira das equipes desse mundial, a Colômbia" e não economiza elogios sobre o futebol dos "Cafeteros". O jornal progressista traça o perfil de Juan Cuadrado, considerado um dos trunfos da Colômbia contra o Brasil.

Aujourd'hui en France entrevistou Ronaldo sobre as chances da seleção no jogo contra a Colômbia

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI