Acesso ao principal conteúdo
Russia

Rússia pode ser sancionada por doping de atletas?

Um atleta russo numa pista de Stavropol, na Rússia, acusada actualmente de doping e corrupção pela instância mundial na matéria
Um atleta russo numa pista de Stavropol, na Rússia, acusada actualmente de doping e corrupção pela instância mundial na matéria REUTERS/Eduard Korniyenko
Texto por: João Matos
5 min

A Rússia pode vir a ser sancionada por doping de alguns dos seus atletas, segundo recomenda o último relatório, da agência mundial anti-doping, correndo o risco de vir a ser afastada dos jogos olímpicos de 2016, no Brasil.

Publicidade

O relatório da Agência mundial anti-doping, tornado público, este domingo, 8 de novembro, caiu como uma bomba no mundo do Atletismo, com a Rússia envolvida, num escândalo de doping e corrupção mundiais, estando ameaçados de sanção alguns dos seus atletas que se doparam.

Segundo a Agência mundial anti-doping, a Rússia, terá que adoptar as suas recomendações até o próximo fim-de-semana, se não quiser ficar de fora dos Jogos olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, Brasil.

Moscovo, reagiu imediatamente esta terça-feira, 10 de novembro, rejeitando as acusações que figuram no relatório da Agência mundial anti-doping e prometeu responder com celeridade, para evitar que não seja banida dos Jogos olímpicos do próximo ano. 

Segundo o porta-voz de Cremlin, Dmitir Peskov, as acusações são infundadas e não têm sustentação nenhuma, pois o relatório, não apresentou provas concretas.

A imprensa russa, criticava esta terça-feira o mundo ocidental, denunciando uma cabala contra a Rússia. Mas para a Rússia que organizará o Mundial de futebol de 2018, estas acusações da Agência mundial anti-doping, feitas no relatório, apresentado pelo seu próprio Presidente, Richard W. Pound, surgem numa má altura.

No mundo do desporto o Comité olímpico, reagiu dizendo não haver "nenhuma razão para se pôr em dúvida a credibilidade dos controlos anti-doping, nos últimos Jogos de Inverno de 2014 em Sotchi, na Rússia.

Por seu lado, a Associação internacional de Federações de Atletismo, marcou uma reunião para a próxima sexta-feira  para o seu conselho executivo estatuir sobre uma eventual suspensão da Federação russa de atletismo.

Uma solução radical, defendida pelas instâncias homólogas australiana e britânica, correndo mesmo "o risco de punir um ou dois atletas russos inocentes para o bem do desporto", reafirmou o Presidente da Federação britânica de Atletismo, Ed Warner.

Entre os próprios atletas são díspares os pontos de vista.

Para o atleta veterano franco-caboverdiano, Zé Boaventura, que ganhou o título de campeão no campeonato europeu dos Master de Nice, em Outubro, uma espécie de jogos olímpicos para os veteranos e não só, a questão de "corrupção e doping" se coloca no mundo do desporto, mas "sancionar a Rússia, um grande país, é delicado e complexo."

Zé Boaventura, atleta franco-caboverdiano

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.