Acesso ao principal conteúdo
Revista de Imprensa

Coronavírus invade primeiras páginas dos jornais

Áudio 03:28
Primeiras páginas dos diários franceses 19/03/20
Primeiras páginas dos diários franceses 19/03/20 © RFI
Por: João Matos
7 min

Coronavírus continua a ser o grande destaque da imprensa diária francesa que circula com dificuldades e sobretudo entre os assinantes ou nas edições online devido às medidas governamentais que atingem também livrarias e certos quiosques de jornais. 

Publicidade

Penúria de máscaras, enfermeiros e auxiliares nos hospitais expostos, titula, LE MONDE. Na esfera política, o decreto de estado de emergência prevê restringir certas liberdades. Por outro lado,o Presidente Emmanuel Macron, apelou os estados da União europeia a prolongar a ajuda excepcional do Banco central europeu às economias europeias através de intervenções orçamentais, nota LE MONDE.

Assalariados e patrões na tempestade do coronavírus, titula, LE FIGARO. Uma epidemia que já fez mais de 9020 mortos sempre em evolução em todo o mundo sobretudo na Europa e na Ásia. Em França caminhamos seguramente para o estado de emergência sanitária, acrescenta, LE FIGARO. 

Por seu lado, LE PARISIEN/AUJOURD'HUI EN FRANCE, escreve Coronavírus: Macron exorta as empresas e assalariados a continuarem a trabalhar. Por ocasião duma videoconferência com o Primeiro ministro, Édouard Philippe e vários ministros, o chefe de Estado apelou à "responsabilidade cívica das empresas".

A nível internacional, LE MONDE, destaca o Coronavirus, na Itália, onde há revolta nas prisões. No contexto da epidemia do Covid-19, várias prisões da península foram palco nos últimos dias de graves cenas de violência reveladoras do estado do sistema prisional italiano. 

Esta revolta nas prisões foi consequência da suspensão das visitas de familiares aos presos que reagiram com a violência, nota, LE MONDE.

Por seu lado, LIBÉRATION, titula, Libé dos escritores, o vírus com todas as letras. Escritores entrevistados e opinando afirmam que passaremos a ver a liberdade com outro olhar depois desta epidemia. O espanhol Manuel Villas, escreve que Santiago Abascal, líder do partido Vox, foi controlado positivo e a ministra da Igualdade, Irene Montero, também está contaminada.

O Coronavírus é muito democrático e afecta da mesma maneira todo o arco ideológico, o que inspira uma apreciável ironia. Estes dias vivemos numa Espanha diferente, sublinha o escritor espanhol nas páginas do LIBÉRATION.

Enfim, em relação à África, coronavírus, a OMS apela a África a despertar para a pandemia.  A Organização mundial da Saúde apelou o continente africano a preparar-se para o pior tendo em conta a propagação da pandemia, quando até agora o coronavírus fez apenas um morto no Burkina Faso. O continente africano continua a ser pouco afectado pelo Covid-19, apesar de ter aumentado o número de casos.

O melhor conselho a dar à África é que deve preparar-se para o pior e preparar-se imediatamente a partir de hoje, declarou o director geral da OMS, o etíope, Tedros Adha nom Ghe brey esus, sabendo que os países africanos estão a reagir de modo disperso, nota, LE MONDE. 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.