Acesso ao principal conteúdo
Italia

Papa Francisco faz sozinho missa de Páscoa enviando mensagem de esperança

Mensagem de esperança do Papa Francisco na sua missa de Páscoa neste momento em que o mundo é atacado pelo coronavírus
Mensagem de esperança do Papa Francisco na sua missa de Páscoa neste momento em que o mundo é atacado pelo coronavírus REUTERS - POOL
Texto por: João Matos
3 min

Pela primeira vez desde há uma eternidade na história da Igreja católica, evangélica e romana, não houve a tradicional benção "urbi et orbi" neste domingo de Páscoa do Papa da varanda da Basílica de S. Pedro. Mas foi da mesma Basílica que proferiu a sua missa de Páscoa, transmitida ao mundo pela rádio, televisão, Internet e redes sociais.

Publicidade

Neste domingo de Páscoa não houve a tradicional benção "urbi et orbi" do Papa da varanda da Basílica de S. Pedro, mas na sua missa, Francisco dirigiu-se sozinho aos fiéis, confinado às quatro paredes da Basílica devido à pandemia do coronavírus.

O Sumo Pontífice, pediu aos cristãos para anunciarem a vida num mundo turbulento e marcado pela morte e destruições.

"Façamos calar o grito da morte, basta de guerras! Ponhamos fim à produção e ao comércio de armas, porque necessitamos é de pão e não de armas.

"Que se abram os corações daqueles que têm para encherem as mãos vazias dos desprovidos do mínimo necessário à vida", declarou, o Papa Francisco.

Este é um domingo de Páscoa muito especial e doloroso, porque o mundo está a ser atacado pela pandemia do coronavírus que já ceifou vidas, matando mais de 110 mil pessoas, pelo que o Papa apelou os países ricos a ajudarem perdoando a dívida dos estados mais pobres. 

Papa Francisco 12-04-2020

"Tendo em conta as circunstâncias, as sanções internacionais que impedem os países penalizados assistir de modo conveniente suas populações, devem ser alijeiradas.

"Há que permitir a todos os Estados responder às necessidades mais importantes dos seus povos reduzindo ou mesmo anulando a dívida dos países mais pobres que já têm poblemas orçamentais." 

O Papa Francisco, evocou ainda na sua missa de Páscoa, os abortos que matam inocentes e recordou os cristãos que são os peregrinos da esperança, que devem espalhar a mensagem da vida de Jesus Cristo ao mundo inteiro.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.