Acesso ao principal conteúdo
Mundo

Ataques aéreos no leste das Síria provocam a morte de 12 combatentes pró-iranianos

Ataques aéreos contra combatentes pró-iranianos no território da Síria de Bashar al-Assad, acusado por Israel de ser testa-de-ferro do Irão
Ataques aéreos contra combatentes pró-iranianos no território da Síria de Bashar al-Assad, acusado por Israel de ser testa-de-ferro do Irão REUTERS
Texto por: RFI
4 min

Ataques aéreos no leste das Síria provocam a morte de 12 combatentes entre eles iraquianos e afegãos pró-iranianos. Foram oito ataques aéreos, segundo o Observatário sírio dos direitos humanos, que vê  Israel "provavelmente" por trás dos ataques. Do seu lado, Israel pede mais sanções contra Teerão que continua a armazenar urânio enriquecido.  

Publicidade

Pelo menos 12 combatentes pró-iranianos foram mortos durante ataques aéreos no leste da Síria, segundo uma ONG síria, que considerou que provavelmente Israel estaria por trás dessas agressões.

"Oito ataques aéreos visando posições das forças pró-iranianas no leste da província de Deir Ezzor, mataram 12 combatentes entre os quais iraquianos e afegãos e destruíram carros e munições", sublinhou, num comunicado, o Observatário sírio dos direitos humanos.

Segundo o director da ONG, Rami Abdel Rahmane, Israel está "provavelmente" por trás dos ataques.

Segundo ainda o mesmo Observatório, os últimos ataques ocorreram logo após o apoio de forças afegãs a uma grande base iraniana perto da cidade de Al-Mayadin sobre o Eufrates junto à fronteira iraquiana.

PM israelita, Netanyahu apelou a sanções contra Teerão

Israel, confirma raramente os seus ataques na Síria mas martela regularmente que esse país se torne um testa-de-ferro de Teerão, principal apoio regional do regime sírio de Bashar al-Assad.

O Primeiro ministro israelita, Benjamin Netanyahu apelou hoje a "pesadas sanções contra o Irão, depois de novas provas do não respeito por Teerão do acordo sobre o nuclear e desses ataques contra elementos pró-iranianos na Síria. 

A Agência internacional de energia atómica, anunciou ontem num relatório que o Irão continua a armazenar urânio enriquecido e persiste a bloquear a inspecção de duas das suas instalações.

Peça Síria

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.