Acesso ao principal conteúdo
Cabo Verde

Cabo Verde adia para 15 de Julho retoma dos voos domésticos porque aumenta covid-19

Cabo Verde adia de 30 de Junho, para 15 de Julho retoma doos voos domésticos devido a aumento de casos de coronavírus
Cabo Verde adia de 30 de Junho, para 15 de Julho retoma doos voos domésticos devido a aumento de casos de coronavírus © Cortesia Cabo Verde Airlines
Texto por: Odair Santos
4 min

O governo de Cabo Verde decidiu adiar a data prevista para a retoma dos voos domésticos porque nos últimos tempos houve um aumento de casos de pessoas atingidas pelo coronavírus. Esta retoma estava prevista para 30 de Junho, mas por precauções, foi adiada para 15 de Julho.   

Publicidade

A retoma das ligações aéreas entre as ilhas, inicialmente prevista para esta terça-feira, 30 de Junho, foi adiada para 15 de julho devido à situação epidemiológica do país.

Na tomada da decisão foram ponderadas todas as situações e vista a situação epidemiológica prevalecente em Santiago e Sal, ilhas que se registam  mais casos da Covid-19, como explicou à imprensa o ministro-adjunto do primeiro-ministro e da Integração Regional, Rui Figueiredo Soares.

“Tendo presente que é imprescindível que mais ou cedo ou mais tarde se restabeleça as ligações aéreas e marítimas entre todo o território nacional, o gabinete de crise do Governo deliberou relativamente as ligações aéreas em todo país, adiar o início da sua realização para o dia 15 de Julho.”

A Transportes Inter Ilhas de Cabo Verde considera que o adiamento na retoma dos voos inter-ilhas para 15 de Julho, anunciado pelo Governo, vai trazer constrangimentos para a companhia com implicações financeiras.

De Cabo verde, o nosso correspondente,Odair Santos.

Correspondência de Cabo Verde, 30 de Junho de 2020

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.