Acesso ao principal conteúdo
França

Novo PM francês, Jean Castex prepara nova equipa governamental, a submeter ao Presidente Macron

Jean Castex, novo primeiro ministro prepara formação do governo com o Presidente Macron
Jean Castex, novo primeiro ministro prepara formação do governo com o Presidente Macron AFP - LUDOVIC MARIN
Texto por: RFI
3 min

O novo primeiro ministro francês, Jean Castex, está a preparar este fim-de-semana  a formação "o mais rapidamente possível" de um novo governo tido como "uma nova etapa" do resto do mandato do Presidente, Emmanuel Macron. Isto num momento em que o país foi atingido pela crise da pandemia do coronavírus a dois anos das eleições presidenciais. 

Publicidade

Tanto o chefe de Estado francês, Emmanuel Macron como o seu novo primeiro ministro, Jean Castex, querem ter o "rápido possível" um governo para aplicar um plano de relançamento face à crise económica e social, antes das eleições presidenciais de 2022.

Esta tarde Jean Castex esteve no Palácio do Eliseu para discutir com o Presidente da República os potenciais candidatos do seu futuro governo e visitou a seguir o centro de investigação e produção de semi-condutores nalgumas cidades suburbanas de Essone, na periferia de Paris.

"A filosofia deste governo é a operacionalidade, quer dizer, agir , trabalhar depressa, num contexto de crise", declarou ontem à noite ao primeiro canal televisivo, TF1, o novo primeiro ministro, Castex, um desconhecido  dos franceses, mas que foi secretário geral adjunto da presidência de Nicolas Sarkozy.

Jean Castex, disse ainda querer formar um governo antes de segunda-feira com o chefe do Estado e pronunciar a sua declaração de política geral "a meio da próxima semana" ao Parlamento. 

Esta remodelação será de "grande dimensão", dizem fontes próximas do Presidente Emmanuel Macron, que já tinha dito querer um governo "de novos talentos" e "personalidades de diferentes horizontes."

Precisamente numa altura em que a linha do horizonte é obscura tendo o presidente anunciado novos tempos muito "duros", o Primeiro ministro Jean Castex, afirmou, estar nessas funções não "à procura de luzes, mas de resultados".

Não estou aqui à procura de luzes. Estou aqui à procura de resultados

Mas o Presidente disse também querer um "novo caminho", com a prioridade para a saúde, a terceira idade, a juventude e uma reforma das pensões e previdência social.

O primeiro ministro que escolheu, Jean Castex, diz ter um método, abrindo concertações com a Nação, os parceiros sociais e todos os actores da vida político-pública à procura de soluções e elaborar um "novo pacto social".

"Quando estamos em crise há que continuar a apoiar a economia, ganhar a soberania economia", sublinhou ainda o primeiro ministro, lançando um olhar aos ecologistas que ganharam cidades importantes nas últimas municipal, ao acrescentar que a "ecologia deixou de ser uma opção" logo parte do programa do governo.

Primeiro ministro francês, Jean Castex, à procura de resultados do futuro governo

"Não estou aqui à procura de luzes. Estou aqui à procura de resultados. Isto quer dizer, antes de tudo, enfrentar a crise, como fizemos na altura da crise sanitária. Então, face à crise económica que já estamos a viver, mas creio, sobretudo, para além disso, tirar as consequências desta crise, com todas as suas fraquezas estruturais que desvendou, para tentarmos, e é nossa ambição, na continuidade, sairmos dela mais fortes e solidários.

“A única coisa que me interessa, esta noite, é de trabalhar o melhor possível pelo meu país e meus compatriotas. É o que venho fazendo há muitos anos, porque sou um homem político local, um político da vida quotidiana das pessoas e estou orgulhoso disso”.

Em matéria de reacções, o chefe dos ecologistas, Julien Bayou, excluiu no entanto participar no governo, dizendo que o objectivo do seu partido é "substituir Emmanuel Macron e não ser sua bengala".

No Partido socialista, Olivier Faure, disse que temos "um homem de direita foi subsituído por outro homem ainda mais à direita" como primeiro ministro.

Na direita, o líder dos Republicanos, Chirstian Jacob, disse que Jean Castex é uma escolha tecnocrática, com um dos seus deputaos, Julien Aubert, a reforçar que Emmaneul Macron, não a escolha de um homem da direita mas alguém que não lhe fará sombra no duo executivo".

A ver vamos!

  

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.