Acesso ao principal conteúdo
Mundo

Tumultos em Belgrado, capital sérvia, com pessoas contra reconfinamento devido ao coronavírus

Manifestações violentas ontem em Belgrado contra reconfinamento devido a alastramento do coronavírus
Manifestações violentas ontem em Belgrado contra reconfinamento devido a alastramento do coronavírus AFP
Texto por: RFI
2 min

Belgrado, a capital sérvia, tem sido palco de tumultos de pessoas inconformadas com a decisão das autoridades em voltar ao confinamento devido ao alastramento da pandemia de Covid-19. O Presidente sérvio já não vai impor o recolher obrigatório para o fim-de-semana como tinha anunciado. 

Publicidade

Cerca de 60 pessoas foram feridas e outras 20 presas durante violentas manifestações ontem à noite em Blegrado contra a reintrodução  do recolher obritório para lcombater alastramento da pandemia do coroonavírus.

"Há um registo de 43 agentes policiais feridos e dispomos de informações sobre 17 manifestantes feridos", indicou o director da Polícia, Vladimir Rebic, à televisão nacional, RTS.

Ele deu ainda conta de 23 prisões e 3 cavalos da polícia que foram igualmente feridos.

Milhares de manifestantes protestaram em frente à Assemebleia  após o anúncio ontem à noite do presidente, Aleksandar Vucic de que os habitantes tinham que ficar de novo em casa no próximo fim-de-semana.

Tudo começou na calma mas a manifestação degenerou em incidentes com a polícia a usar gás lacrimogéneo para dispersar grupos de indíviduos que lançavam pedras e outros projécteis contra as forças da ordem.

A oposição critica o governo pela  má gestão da pandemia ao levantar de modo acelerado o confinamento icinial para poder organizar as eleições de 21 de junho ganhas pelo partido no poder do presidente sérvio.

Presidente sérvio já não vai impor recolher obrigatório 

   Aleksander Vucic, que falou duma situação sanitária alarmante com os hospitais superlotados com cerca de 4.000 doentes do Covid-19, declarou hoje que provavelmente já não vai haver recolher obrigatório e que o seu governo vai trabalhar em novas soluções como a penalização de pessoas que não usarem máscaras.

Ao todo a Sérvia conta com 17.000 contaminados e 330 mortos provocados pela pandemia do coronavírus. au total.

Contestação na Sérvia

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.