Acesso ao principal conteúdo
Espanha

Justiça suspende novo confinamento na Catalunha

Hospital de campanha em Lérida.
Hospital de campanha em Lérida. AFP - PAU BARRENA
Texto por: Cristiana Soares com Lusa
2 min

A justiça espanhola suspendeu hoje o novo confinamento decretado ontem em vários municípios da Catalunha. Diz o Tribunal Superior de Justiça da Catalunha que a medida é “contrária ao direito”.

Publicidade

Este domingo vários municípios espanhóis anunciaram medidas mais apertadas de combate à Covid-19. Após um aumento elevado do número de infectados, oito município da região de Segrià, na Catalunha, optaram por decretar novo confinamento.

As populações afectadas por este confinamento parcial eram Lérida, Alcarràs, Serós, Soses, Aitona, La Granja d'Escarp, Massalcoreig, Torres de Segre e as unidades municipais descentralizadas de Sucs e Raimat. A medida entraria em vigor à meia-noite de segunda-feira.

A medida foi justificada por Alba Vergés, conselheira da Saúde da Generalitat da Catalunha, que sublinhou que, embora a taxa de contágio pelo novo coronavírus tenha baixado em Lérida, na região de Segrià houve um aumento de 190 novos casos desde sábado e de 691 na última semana.

Entretanto, a justiça suspendeu nesta segunda-feira o novo confinamento: “o Tribunal da Guarda de Lérida concorda em não ratificar as medidas da Resolução de 12 de julho de 2020 adotadas pelo Governo regional, por considerá-las contrárias ao direito", pode ler-se na conta de twitter do Tribunal Superior de Justiça da Catalunha.

O governo regional pode recorrer da decisão. Alba Vergés, conselheira da Saúde da Generalitat da Catalunha, ressalva que as restrições são necessárias para evitar a disseminação das contaminações: "são medidas necessárias que não são adoptadas por capricho ou por prazer. Não faríamos se não fosse absolutamente necessário". A responsável pelo pelouro da saúde pediu ainda aos moradores da zona para permanecerem em casa, apesar da decisão da justiça.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.