Mundo

Presidente francês Macron em Beirute segunda-feira para encontros com dirigentes políticos libaneses

Hassan Nasrallah, chefe do Hisbolá, no Líbano mostra-se aberto ao pacto político pelo Presidente francês, Macron, que estará amanhã em Beirute.
Hassan Nasrallah, chefe do Hisbolá, no Líbano mostra-se aberto ao pacto político pelo Presidente francês, Macron, que estará amanhã em Beirute. REUTERS/Al-Manar TV

No momento em que o Presidente francês, Emmanuel Macron, é esperado, amanhã em Beirute, o chefe da poderosa formação política Hisbolá, declarou ter ouvido e que está aberto à proposta de um novo "pacto político", no Líbano, feita pelo chefe de Estado francês, por ocasião da sua visita de 8 de agosto à capital libanesa. 

Publicidade

O Hisbolá está disposto a discutir um novo "pacto político" no Líbano, proposto pelo Presidente francês, Emmanuel Macron, declarou hoje o chefe da poderosa formação pró-iraniana, Hassan Nasrallah.

   "Nós ouvimos o apelo do Presidente francês, por ocasião da sua última visita ao Líbano, de um novo "pacto político", indicou o secretário geral do Hisbolá, sublinhando, que estão "abertos a qualquer discussão construtiva sobre a questão com a condição de se tratar de um diálogo libanês e que seja a vontade de todas as partes libanesas".

Hassan Nasrallah, não precisou que mudanças o seu movimento está pronto a fazer, mas precisou ter ouvido as "críticas de fontes oficiais francesas a propósito do sistema religioso libanês e da sua incapacidade em resolver os problemas do Líbano".

Estas declarações surgem na véspera da visita do Presidente francês, Emmanuel Macron, que é esperado amanhã em Beirute, como prometeu por ocasião da sua deslocação à capital libanesa a 6 de agosto último, num gesto simbólico, logo após a dupla explosão que destruiu praticamente metade daquela cidade.

Presidente francês, Macron, de novo, esta segunda-feira, em  Beirute

Macron, anunciou então, em Beirute, que se deslocaria a 31 de agosto, para ver em que pé se encontrava a sua proposta de um "pacto político" no Líbano.

O Presidente francês estará amanhã e na terça-feira  em Beirute para se encontrar com os representantes dos principais partidos políticos, nomeadamente, o Hisbolá.

Na mesma altura estão previstas igualmente consultas parlamentares para a designação de um novo Primeiro ministro libanês, após a demissão de Hassan Diab, uma semana depois da dupla explosão em Beirute. 

O chefe do Hisbolá garantiu que o seu partido se mostrará cooperativo sobre as divergências políticas que impediram até agora que fosse nomeado um novo chefe do governo. 

Enfim, o chefe do Hisbolá, Nasrallah, sublinhou, que dirige "o maior partido político no Líbano", pondo  em dúvida a legitimidade do movimento de contestação popular que reclama uma mudança política.

Hisbolá aberto ao pacto político proposto pelo Presidente francês que estará amanhã em Beirute

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI