França

Presidente Macron na cerimónia dos 150 anos da República francesa

Presidente Macron e 5 novos cidadãos franceses no Panteão, para comemorar os 150 anos da República francesa
Presidente Macron e 5 novos cidadãos franceses no Panteão, para comemorar os 150 anos da República francesa REUTERS - POOL

A França comemorou hoje os 150 anos da proclamação da República, assente no patriotismo e na igualdade de direitos perante a lei. Mas também no direito à segurança no quadro da luta contra o separatismo e a igualdade de oportunidades, defendeu, num discurso, no Panteão, o chefe de Estado francês, Emmanuel Macron. 

Publicidade

Num discurso no Panteão, onde estão os heróis, por ocasião dos 150 anos da proclamação da República, o chefe de Estado francês, Emmanuel Macron, defendeu a noção de "patriotismo republicano" que desenvolveu nos últimos meses.

O discurso pronunciado num tom grave e solene é o prelúdio para uma série de iniciativas nos dominíos de instituições do Estado, em particular, sobre a segurança , o separatismo e a igualdade de oportunidades. Iniciativas que serão destacadas durante um seminário governamental na próxima quarta-feira, 9 de setembro.

A República é para proteger sempre pois é "frágil e precária", advertiu hoje o Presidente francês, Emmanuel Macron, ao pronunciar um elogio a este regime político, porque "indivisível",  não deve  admitir "nenhuma aventura separatista".

Emmanuel Macron, presidente francês

"Adquirir a nacionalidade francesa é inculcar a si mesmo a consciência que a República é frágil pelo que deve ser uma conquista de todos os dias", sublinhou, ainda Macron. 

O chefe de Estado aproveitou este quadro solene para entregar o decreto de nacionalidade a cinco novos cidadãos franceses, Matthew, Noura, Patricia, Catherine e Rana, naturais dos Camarões, Perú e do Líbano e residentes em França, há muitos anos.

"Quando ouvi entoar o hino nacional francês e que o Presidente me entregou o decreto, estava emocionada", declarou, Catherine, nascida há cerca de 40 anos nos Camarões e a residir em França, desde o ano 2000.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI