Acesso ao principal conteúdo
Zâmbia/economia

Problemas financeiros relegam Zâmbia para categoria default a longo prazo

 O presidente da Zâmbia Edgar Lungu. O seu país anunciou não poder honrar os pagamentos da sua  dívida  por razões de tesouraria.
O presidente da Zâmbia Edgar Lungu. O seu país anunciou não poder honrar os pagamentos da sua dívida por razões de tesouraria. AFP PHOTO / CHIBALA ZULU
Texto por: RFI
2 min

A  agência de ratings Standard & Poor's afirmou que a Zâmbia está a partir de quarta-feira  em  "default",  porque  não pode honrar  as datas  de pagamento da sua dívida.As finanças do  país da África austral, segundo a citada  agência, foram consideravelmente afectadas pela pandemia da Covid-19. 

Publicidade

A  nota da robustez financeira da Zâmbia foi relegada para a categoria   "default" pela  agência de  ratings Standard & Poors, depois  do  país da  África  austral  ter anunciado a  impossiblidade de continuar a honrar os pagamentos  da sua  dívida.

 

À semelhança  de  vários  países  do  continente  africano,as finanças da Zâmbia sofreram as consequências  da  crise sanitária mundial provocada pelo novo coronavírus.

 No  final  do mês de Setembro, a  Zâmbia  tinha  solicitado aos seus credores internacionais uma moratória  de seis meses no que diz respeito  aos juros de  uma parte da sua dívida, devido  às  pesadas consequências da pandemia  actual sobre a sua economia.

Na quarta-feira, a  agência de ratings  Standard & Poor's passou a nota  da Zâmbia , a  curto e  a longo prazo em  divisas estrangeiras,  de  CCC-/C para  "SD" (Selective Default).

As autoridades zambianas  anunciaram no dia 13 de Outubro,  que não estavam a altura de assumir  os pagamentos das suas obrigações externas. 

Segundo a  S& P, a  Zâmbia devia pagar no dia 14 de Outubro a soma  de 42,5 milhões  de dólares, no âmbito da sua euro-obrigação de Abril de 2024.    

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.