Mundo

Azerbaijão ganhou o controlo do Nagorno Karabakh à Arménia

Azerbaijão ganhou o controlo do Nagorno Karabakh à Arménia
Azerbaijão ganhou o controlo do Nagorno Karabakh à Arménia REUTERS/Francesco Brembati

Os arménios estão a deixar parte do Nagorno Karabakh, na sequência do acordo de cessar-fogo com o Azerbaijão, muito contestado na Arménia.

Publicidade

"Ficar aqui? Impossível, porque nos matariam", são algumas das reacções de arménios dos territórios que passarão para Baku, depois da derrota das forças do Nagorno Karabakh pelo exército do Azerbaijão.

No distrito montanhoso de Kalbajar, os habitantes arménios fazem apressadamente as suas malas antes da chegada no domingo das novas autoridades do Azerbaijão.

A justiça arménia libertou hoje figuras da oposição presas no seguimento de conflitos contra a assinatura do acordo pelo primeiro ministro arménio, Nikol Pashinian, consagrando a vitória das forças do Azerbaijão no conflito do Nagorno Karabakh.

Acordo assinado foi o mal menor

Pachinian garante ter assinado o acordo doloroso a pedido do exército e responsáveis separatistas caso contrário era a totalidade da região que passaria a ser controlada por Azerbaijão. 

O acordo de 9 de novembro pôs fim ao conflito que durante 6 semanas opos no Nagorno Carabaque, separatistas arménios e forças do Azerbaijão, que reconquita vastos territórios que estavam sob controlo arménio desde o começo dos anos 90.

Cerca de 2.000 soldados russos de manutenção da paz vão garantir a sobrevivência da República autoproclamada arménia do Nagorno Carabaque, reduzida e enfraquecida.

Moscovo, que apadrinhou o acordo, afirma que haverá um centro de coordenação conjunta com os turcos, à distância, contrariando as afirmações de Ancara que reivindicava uma vitória já que enviou tropas para combater ao lado das forças do Azerbaijão.  

Humilhação da Arménia no conflito com o Azerbaijão no Nagorno Karabakh

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI