Intempéries

Balanço das intempéries na Europa chega perto dos 160 mortos

Residentes tentam limpar as ruas ainda alagadas da sua localidade na Alemanha, neste dia 17 de Julho de 2021.
Residentes tentam limpar as ruas ainda alagadas da sua localidade na Alemanha, neste dia 17 de Julho de 2021. REUTERS - WOLFGANG RATTAY

Segundo um novo balanço, pelo menos 157 pessoas morreram nas inundações de uma rara dimensão na sequência das fortes intempéries que se abateram sobre a Europa ocidental, especificamente na Alemanha, na Bélgica, no Luxemburgo, na Holanda e na Suíça. A Alemanha foi o país que ficou mais afectado com pelo menos 133 mortos e prejuízos desde já avaliados em biliões de Euros.

Publicidade

O mau tempo começou a abrandar desde ontem na Europa Ocidental e os países afectados começaram a limpar as extensões inundadas para encetar a reconstrução das áreas sinistradas.

Na Bélgica, onde se contabilizaram pelo menos 24 mortos, o Primeiro-ministro admite que "se poderão encontrar mais situações catastróficas", Alexander de Croo tendo decretado um dia de luto nacional na próxima terça-feira.

Na Alemanha, onde as autoridades deram conta de pelo menos 133 mortos, mas onde se receia que o número de vítimas possa ainda ser maior, a protecção civil, os bombeiros e os funcionários municipais continuam mobilizados para ajudar as populações a regressarem às suas casas e dar abrigo a quem perdeu tudo. Na região de Renânia-Palatinado, no oeste da Alemanha, uma das zonas mais afectadas, foram registados cerca de 618 feridos.

Reagindo a esta situação, o chefe do partido conservador candidato à sucessão em Setembro de Angela Merkel, considerou que "se deve acelerar o ritmo" da luta contra o aquecimento global".

No mesmo sentido, na Holanda, país afectado pelas inundações mas onde não se registaram vítimas mortais, o chefe do governo, Mark Rutte, considerou que as intempéries "são sem dúvida" uma consequência das alterações climáticas.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI