Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Domingos Simões Pereira fala da situação da Guiné-Bissau

Áudio 15:47
Domingos Simões Pereira nos nossos estúdios neste dia 25 de Fevereiro de 2020.
Domingos Simões Pereira nos nossos estúdios neste dia 25 de Fevereiro de 2020. RFI/Liliana Henriques
Por: Liliana Henriques
17 min

A Comissão Nacional de Eleições na Guiné-Bissau convocou para esta Terça-feira a plenária no intuito de efectuar o apuramento nacional das presidenciais de 29 de Dezembro no quadro do cumprimento do acórdão do Supremo Tribunal de Justiça. Esta reunião acontece depois de semanas de contencioso, vários posicionamentos da comunidade internacional e em particular da CEDEAO e também a dois dias apenas da data fixada para a tomada de posse de Umaro Sissoco Embaló, declarado vencedor segundo os dados anteriormente divulgados pela CNE.Depois de uma curta visita de dois dias a Paris, durante a qual esteve em contacto com a comunidade guineense e as autoridades francesas, Domingos Simões Pereira, candidato até agora dado como derrotado nas presidenciais, comentou a decisão de a CNE realizar o apuramento nacional e disse esperar que isto não se relacione com a intenção expressa por Umaro Sissoco Embaló de tomar posse dentro de dois dias.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.