Amílcar Cabral é o segundo maior líder mundial de sempre para a BBC

Retrato de Amílcar Cabral
Retrato de Amílcar Cabral RFI/ Liliana Henriques

O fundador do PAIGC, descrito como o “grande combatente pela independência africana”, reuniu mais de um milhão de guineenses para se libertarem da ocupação portuguesa. Amílcar Cabral ficou à frente de Winston Churchill, Catarina, a Grande, ou o faraó Amenhotep III.

Publicidade

O ideólogo das independências da Guiné-Bissau e Cabo Verde, Amílcar Cabral, foi considerado o segundo maior líder mundial de todos os tempos, numa lista elaborada por historiadores para a BBC.

Num trabalho que começou no início do ano, a revista contou com a colaboração dos mais destacados historiadores e a votação de leitores, que escolheram como o maior líder de sempre Maharaja Ranjit Singh, líder do império sikh do início do século XIX.

Maharaja Ranjit Singh foi considerado um modernizador e unificador, com um reinado que marcou uma era muito positiva para o Punjab e o noroeste da Índia. Teve mais de 38% dos votos.

E logo a seguir, com 25% dos votos, aparece Amílcar Cabral, descrito como o "combatente pela independência africana", que reuniu mais de um milhão de guineenses para se libertarem da ocupação portuguesa, uma acção que levou outros países africanos colonizados a lutarem pela independência.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI