Acesso ao principal conteúdo
Convidado

MSF pede mais esforços na luta contra a Covid-19 na Guiné-Bissau

Áudio 08:07
A equipa da organização Médicos Sem Fronteiras durante uma actividade de promoção de saúde em Bissau.
A equipa da organização Médicos Sem Fronteiras durante uma actividade de promoção de saúde em Bissau. © Médicos Sem Fronteiras

Com mais de 900 casos positivos da Covid-19, a Guiné-Bissau é um dos países mais atingidos, em termos de casos per capita, no continente africano. Face ao aumento "dramático" do número de casos, registados nas últimas semanas, os Médicos Sem Fronteiras pedem uma resposta urgente de todos os envolvidos na luta contra a pandemia.

Publicidade

Sunfon Baial Sambu, responsável da actividade médica do projecto Covid-19 dos Médicos Sem Fronteiras, na Guiné-Bissau, refere que se nada for feito há o risco da contaminação manter a tendência ascendente.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.