Acesso ao principal conteúdo
Guiné Bissau

Fim do mês de Ramadão num ano especial na Guiné Bissau devido ao coronavírus

Presidente da Guiné Bissau, Umaro Sissoco Embalo, dirige mensagem a muçulmanos em fim de Ramadão
Presidente da Guiné Bissau, Umaro Sissoco Embalo, dirige mensagem a muçulmanos em fim de Ramadão AFP/Archivos

Terminou hoje o mês de Ramadão, festa sagrada dos muçulmanos, nomeadamente, na Guiné Bissau. Devido ao estado de emergência em vigor na Guiné-Bissau, por causa do coronavírus, este ano os fiéis muçulmanos estiveram mais contidos, cada um rezou na sua casa e foram poucas as pessoas que sairam às ruas. Numa mensagem aos fieis muçulmanos, o Presidente guineense, Umaro Sissoco Embaló reconheceu que a festa decorre num momento de dificuldade em virtude da pandemia.

Publicidade

Este ano os muçulmanos guineenses realizaram a reza do final do mês do Ramadão no mesmo dia.

Longe das polémicas dos anos anteriores em que uma parte de fieis rezava num dia e outra parte no dia a seguir, este ano, todos rezaram hoje, mas com a particularidade de que a reza não ocorreu em lugares públicos.

Devido ao estado de emergência em vigor na Guiné-Bissau, este ano os fieis muçulmanos estiveram mais contidos, cada um rezou na sua casa e foram poucas as pessoas que sairam às ruas para dar largas à alegria que é característico aos 30 de sacrifícios.

O contacto físico, que é normal nestas ocasiões com apertos de mãos e trocas de votos de boas festas entre os muçulmanos, foi substituído este ano com mensagens virtuais a simular abraços e ainda no lugar de troca de prendas, os guineenses recorrem às redes sociais para o envio de prendas virtuais.

Numa mensagem aos fieis muçulmanos, o Presidente guineense, Umaro Sissoco Embaló reconheceu que a festa decorre num momento de dificuldade em virtude da pandemia do novo coronavirus

Sissoco Embalo exortou aos guineenses no geral e a comunidade muçulmana em particular para que contribua para a erradicação do vírus que contagiou 1.178 pessoas na Guiné-Bissau.

De Bissau, o nosso correspondente, Mussa Balde

DI5 Correspondência de Mussá Baldé

.

 

 

 

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.