Acesso ao principal conteúdo
#Guiné-Bissau/Crise

Membro do PAIGC detido na Guiné-Bissau

Bissau. Guiné-Bissau.23 de Novembro de 2019.
Bissau. Guiné-Bissau.23 de Novembro de 2019. AFP - JOHN WESSELS
Texto por: Mussá Baldé
4 min

Armando Correia Dias, membro do comité central do PAIGC, foi detido este sábado na Guiné-Bissau. O advogado Suleimane Cassamá afirmou que o também empresário foi sequestrado “por ordem do ministro do Interior”. A Liga Guineense dos Direitos Humanos já exigiu a sua "libertação imediata" e considerou a sua detenção "ilegal".

Publicidade

O advogado Suleimane Cassamá afirmou que Armando Correia Dias, membro do comité central do PAIGC, foi sequestrado “por ordem do ministro do Interior” da Guiné-Bissau.

O Armando Correia Dias, que nós conhecemos como N'Dinho, foi hoje sequestrado pelos polícias em colaboração entre os serviços de informação do Estado e os elementos da segunda esquadra. (…) Disseram-nos simplesmente que só o ministro poderá resolver esse problema, o que nos leva a pensar que esse sequestro terá sido por ordem do ministro do Interior”, declarou Suleimane Cassamá.

Advogado Suleimane Cassama

Armando Correia Dias, também empresário guineense e conhecido por N'Dinho, foi detido quando circulava numa viatura com o deputado do PAIGC Wasna Papai Danfa.

O empresário está na segunda esquadra de Bissau, mas o advogado diz que não conseguiu contactar com ele.

A Liga Guineense dos Direitos Humanos exigiu a sua "libertação imediata" e considerou a sua detenção "ilegal" e feita "sem nenhum mandado" e "sem notificação prévia para o efeito".

"A LGDH condena a forma ilegal e arbitrária como foi efectuada esta detenção e exige a sua libertação imediata", refere, em comunicado divulgada na rede social Facebook.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.