Acesso ao principal conteúdo
Guiné-Bissau/FIFA

FIFA suspende presidente da federação da Guiné-Bissau

Manuel Nascimento, mais conhecido por ‘Manelinho’, Presidente da Federação da Guiné-Bissau.
Manuel Nascimento, mais conhecido por ‘Manelinho’, Presidente da Federação da Guiné-Bissau. RFI/Marco Martins
Texto por: Mussá Baldé
4 min

A FIFA suspendeu por 10 anos o presidente da Federação de futebol da Guiné-Bissau. Manuel Lopes é acusado de ter tido comportamento inaceitável à luz dos padrões éticos da FIFA.

Publicidade

Através de um comunicado a ser divulgado nos órgãos de comunicação social e nas redes sociais entre os guineenses, Manuel Lopes, conhecido por Manelinho, está suspenso de todas as actividades desportivas durante 10 anos.

O Comité de Ética da FIFA classificou de comportamento de Manelinho de inaceitável quando, em Outubro de 2019, não socorreu um homem que estava quase a ser linchado por populares num bairro de Bissau. O homem em questão era acusado de furto. O Comité de Ética da FIFA entende que Manelinho não protegeu a integridade física e mental do homem.

A notícia da suspensão de Manelinho foi divulgada a pouco menos de 24 horas das eleições para escolha do novo presidente da Federação. Manelinho era candidato a um terceiro mandato.

O dirigente ainda não confirmou, de forma clara, se se retira da corrida. Manuel Lopes declarou que a suspensão é passível de recurso e é o que pretende fazer.

No meio deste imbróglio, o presidente da comissão eleitoral, Lino Lopes decidiu pelo adiamento da votação a pedido dos mandatários dos seis candidatos à corrida.

Alegam que o espaço onde deveria decorrer a votação é pequeno demais pelo que será preciso encontrar um novo local.

Assim sendo, com ou sem a presença de Manuel Lopes, as eleições ficaram proteladas para  dia 8 de Agosto.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.