Guiné Bissau

Guiné-Bissau: PR garante nada ter de pessoal contra Aristides Gomes

Presidente da Guiné Bissau deixa antigo PM Aristides Gomes sair do país
Presidente da Guiné Bissau deixa antigo PM Aristides Gomes sair do país RFI/Charlotte Idrac
Texto por: Mussá Baldé
4 min

Vindo de Dacar, Senegal, onde esteve em controlo médico de rotina, o Presidente guineense comentou para os jornalistas a saída do país do ex-primeiro-ministro. Aristides Gomes, 66 anos, estava refugiado na sede da ONU em Bissau, há cerca de um ano, por, alegadamente, temer pela sua segurança.  

Publicidade

Umaro Sissoco Embaló disse que Aristides Gomes saiu do país por um lado devido aos pedidos dos presidentes Macky Sall do Senegal e Muhammadu Buhari da Nigéria, mas também devido aos pedidos da ONU.

Sissoco Embaló voltou a acusar Aristides Gomes de ter participado na tentativa de impedir a sua eleição ao cargo de Presidente da Guiné-Bissau.

Também disse que Gomes refugiou-se na sede das Nações Unidas por sua livre vontade e que agora saiu do país para tratamento médico, mas se um dia a justiça guineense pedir a sua comparência terá que vir responder.

Umaro Sissoco Embalo disse que não tem nada de pessoal contra Aristides Gomes, que até pode dizer que é um dos dirigentes do PAIGC com quem se dá bem.

Questionado sobre se de facto Aristides Gomes saiu do país porque precisa de assistência médica especializada, Umaro Sissoco Embalo disse que não sabe responder por não ser médico.

Seja como for, Luís Vaz Martins, um dos advogados de Aristides Gomes disse ontem a noite a uma rádio de Bissau que o ex-primeiro-ministro não está doente e que a sua saída ao país foi motivada devido à pressão da comunidade internacional sobre as autoridades guineenses.

Na próxima semana, a equipa de advogados de Aristides Gomes promete dar uma conferência de imprensa para explicar os contornos da saída do político do país e que já se encontra em Franca, junto da sua família.

De Bissau, o nosso correspondente, Mussá Baldé. 

Correspondência de Bissau

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI