Guiné Bissau

Presidente da Guiné Bissau Sissoco Embaló ataca jornalistas do país.

Presidente da Guiné Bissau Sissoco Embaló ataca jornalistas do país
Presidente da Guiné Bissau Sissoco Embaló ataca jornalistas do país RFI/Anthony Ravera

Ao proceder ao balanço de um ano do seu mandato no passado dia 27 de fevereiro, o Presidente Embaló desferiu vários ataques aos jornalistas do país. Ameaçou mandar fechar rádios  e ainda questionou a competência de dois jornalistas guineenses. Hoje, o Sindicato dos Jornalistas e Técnicos de Comunicação Social (Sinjotecs) saiu em defesa da classe. 

Publicidade

A presidente do Sindicato dos Jornalistas da Guiné-Bissau, Indira Correia Baldé, chamou os colegas para lhes transmitir a sua indignação pelas palavras do Presidente Sissoco Embaló.

Indira Correia Baldé disse que o Sindicato não pode aceitar que o Presidente tome os jornalistas como adversários políticos, que a Guiné-Bissau é um estado democrático e que a lei prevê a liberdade de expressão e de imprensa.

O Sindicato saiu em defesa dos jornalistas Fátima Tchuma Camara e João Umpa Mendes que fizeram a moderação do último debate eleitoral entre Umaro Sissoco Embaló e Domingos Simões Pereira nas presidenciais de 2019.

Sissoco Embaló questionou a competência daqueles dois profissionais pela forma como conduziram o debate em dezembro de 2019.

Para o Sindicato, os dois jornalistas merecem todo o respeito pela sua qualidade profissional.

O Presidente Embaló deu 30 dias às rádios que não tiverem a chamada licença definitiva de funcionamento, ameaçando encerrá-las. O Sindicato dos jornalistas lembrou ao Presidente que não é papel do chefe de Estado atuar nessa matéria.

A presidente do Sindicato dos Jornalistas e Técnicos de Comunicação Social da Guiné-Bissau produziu uma nota de repúdio às declarações do Presidente da República, nota que vai agora fazer chegar às instâncias internacionais da classe.

De Bissau, o nosso correspondente, Mussá Baldé.

Correspondência de Bissau, 2/3/2021

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI