Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Guiné-Bissau:"O problema está nas pessoas e não nas leis do país"

Áudio 06:56
A missão da UNIOGBIS fica no país até 28 de Fevereiro de 2018
A missão da UNIOGBIS fica no país até 28 de Fevereiro de 2018

Começou esta quarta-feira a extensão do mandato da UNIOGBIS na Guiné-Bissau. A missão fica no país até 28 de Fevereiro de 2018 e deve, entre outras, apoiar o processo de reconciliação nacional para reforçar a governação democrática e trabalhar em prol de um consenso sobre as questões políticas, nomeadamente, no que diz respeito à implementação de reformas urgentes necessárias. O sociólogo guineense, Rui Jorge, admite a necessidade de se reformarem as leis, contudo reconhece que existem outros "handicaps" no país.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.