Acesso ao principal conteúdo
Guiné-Bissau

Manifestação de veteranos guineenses

RFI
Texto por: RFI
2 min

Os filhos e viúvas dos veteranos de guerra da independência saíram hoje às ruas para o que dizem ser uma pequena manifestação de protesto por 4 meses sem receberem a pensão de sobrevivência que o Estado da Guiné-Bissau lhes dá pela participação dos seus pais e maridos na luta armada pela independência do país.

Publicidade

Para já foi apenas uma pequena manifestação junto à praça Mártires de Pindjiguiti, em Bissau, de filhos e viúvas dos antigos combatentes, os veteranos de guerra pela independência da Guiné-Bissau, mas na próxima quinta-feira, dia 20, prometem trazer os pais e promover uma acção de protesto junto ao palácio do Governo.

Dizem que não os pais estão cansados de serem enganados pelo Governo e há quatro meses que não recebem a pensão de sobrevivência que o Estado lhes paga pela sua participação na luta armada pela autodeterminação da Guiné-Bissau.

Domingos Tamba, secretário do núcleo de filhos e viúvas dos veteranos diz que chega de promessa não cumprida.

Daqui para frente, diz Tamba, o protesto tem que subir de tom para que toda sociedade guineense possa saber qual o tratamento que as autoridades emprestam ao problema dos veteranos de guerra.

Domingos Tamba afirma que já não sabem ao certo com que responsável do governo poderão falar para solucionar o problema já que o ministro da tutela, Aristides Ocante da Silva, lhes terá dito que não se pode meter no assunto do pagamento da pensão para que não se venha a dizer que é ele que quer ficar com o dinheiro.

Cansados, os filhos e viúvas dos antigos combatentes agora não querem mesmo saber, a solução, dizem, é manifestação diante do palácio do Governo até que o problema seja resolvido.

Na próxima quinta-feira dizem que o protesto será mesmo gigantesco e desta feita será no palácio do Governo como nos explica o nosso correspondente em Bissau,Mussá Baldé.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.