Guiné-Bissau

Guiné-Bissau: data de eleições para breve

José Mário Vaz, Presidente da Guiné-Bissau. 2 de Maio de 2017.
José Mário Vaz, Presidente da Guiné-Bissau. 2 de Maio de 2017. ISSOUF SANOGO / AFP

O Presidente José Mário Vaz ouviu todos os partidos legalizados nopaís, cerca de 40 partidos, para lhes perguntar sobre a data daspróximas eleições legislativas que o próprio defende que devem serainda este ano.

Publicidade

No cômputo geral das opiniões dos partidos, as eleições devem ter lugar em Outubro ou Novembro, uma vez que já se percebeu que, tecnicamente, o escrutínio não poderá ter lugar no mês de maio.
Os partidos que estiverem nos governos, propostos pelo Presidente, quase
todos eles defendem a realização de eleições em Novembro deste ano, defendendo ainda que se marque uma data o quanto antes.

Para o Partido da Renovação Social (PRS), a única questão neste momento é eleger um novo presidente da Comissão Nacional de Eleições, já que o anterior está no estrangeiro em missão numa organização internacional.

O outro bloco de partidos, onde se insere o PAIGC, diz que quer as eleições, contudo reitera que antes será preciso formar um governo na base do Acordo de Conacri, instrumento considerado pela comunidade internacional como única saída para crise política guineense.

Acontece que dois dos subscritores do Acordo de Conacri, o PRS e o grupo dos 15 deputados expulsos do PAIGC, denunciaram o acordo, dizendo que aquele instrumento já não serve.

Aguarda-se que nos próximos dias o Presidente José Mário Vaz publique
um decreto marcando a data das eleições legislativas.

Correspondência Mussá Baldé

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI