Acesso ao principal conteúdo
Guiné Bissau

"Inconformados" manifestaram nas ruas de Bissau

Movimento dos Cidadãos Conscientes e Inconformados na Guiné-Bissau
Movimento dos Cidadãos Conscientes e Inconformados na Guiné-Bissau M.C.C.I
Texto por: RFI
3 min

Na Guiné Bissau, O MCCI (Movimento de Cidadãos Conscientes e Inconformados) veio de novo para as ruas da capital para demonstrar a sua solidariedade para com a CEDEAO por ter aplicado sanções a 19 personalidades do país. Mas o movimento vai  decerto continuar, pois os seus membros pedem a partida do Presidente José Mário Vaz.

Publicidade

O movimento de" cidadãos conscientes e inconformados" com a crise política na Guiné-Bissau saiu mais uma vez às ruas de Bissau para demonstrar a sua solidariedade para com a CEDEAO ( Comunidade  Económica dos Estados da África Ocidental) por este organismo ter aplicado sanções a 19 personalidades do País.

Para o movimento, constituído por jovens dos liceus e das universidades, as sanções são bem merecidas apenas pecam por não terem atingido também o Presidente José Mário Vaz.

Sumaila Djaló, o porta-voz dos "Inconformados" explicou porquê ao correspondente da RFI na Guiné Bissau, Mussa Baldé. Oiça  aqui :

Sumaila Djaló, porta voz dos "Inconformados"

O movimento entregou hoje um manifesto na delegação da CEDEAO em Bissau, pedindo que a organização castigue o Presidente José Mário Vaz, a quem os "inconformados" pedem, mais uma vez, que abandone o poder.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.