GUINÉ-BISSAU

Guiné-Bissau: PRS ameça boicotar eleições

Victor Pereira, porta-voz do PRS, na Guiné-Bissau.
Victor Pereira, porta-voz do PRS, na Guiné-Bissau. RFI
Texto por: RFI
2 min

Na Guiné-Bissau, as eleições legislativas estão marcadas para 18 de Novembro, mas alguns partidos já levantam dúvidas sobre a fiabilidade do processo, nomeadamente o registo dos eleitores. A União Patriotica Guineense e o Partido da Renovação Social, por exemplo, já vieram ao público denunciar o que chamam de tentativas de fraude antecipada. 

Publicidade

E isto por parte do PAIGC em conluio, dizem, com o primeiro-ministro, Aristides Gomes.

A questão prende-se com a possibilidade de os cartões dos eleitores serem impressos fora da Guiné-Bissau, segundo peritos internacionais para poupar tempo e dinheiro e realizar as eleições a 18 de novembro.

Victor Pereira, porta-voz do PRS diz que tudo isso é a preparação de uma fraude eleitoral.

Victor Pereira, porta-voz do PRS

Com a colaboração de Mussá Baldé, correspondente em Bissau.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI