Acesso ao principal conteúdo
Guiné-Bissau

Guiné-Bissau: Permanece impasse na Assembleia Nacional

Assembleia Nacional Popular da Guiné-Bissau.
Assembleia Nacional Popular da Guiné-Bissau. ISSOUF SANOGO / AFP
Texto por: RFI
3 min

Depois de os líderes dos partidos com assento parlamentar terem terminado ontem o seu encontro sobre um impasse relativamente à designação das entidades dirigentes da nova assembleia nacional popular, o impasse manteve-se hoje durante a sessão plenária dos deputados, a crispação tendo sido de tal ordem que os parlamentares da oposição acabaram por abandonar o hemiciclo.

Publicidade

Crispação total no novo parlamento guineense. Os deputados das bancadas de partidos da oposição, Madem e PRS abandonarem a sala do hemiciclo.

Dizem que não concordam com a forma como os partidos da maioria parlamentar estão a conduzir o processo para escolha, por votação, dos dirigentes da mesa parlamentar.

Em causa, estão os lugares de 2º vice-presidente e do 1º secretário do parlamento.

O Madem e o PRS prometem agora avançar para o tribunal. É o que afirmou aqui Braima Camará, coordenador do Madem.

Mesmo com o abandono da sala por parte do Madem e PRS, 48 deputados no total, os da maioria, 54 parlamentares, prosseguiram com os trabalhos e dizem que vão constituir a nova mesa parlamentar e pedir ao Presidente da República que dê posse ao novo primeiro-ministro e consequentemente o seu Governo.

Mais pormenores com o nosso correspondente, Mussá Baldé.

Correspondência de Mussá Baldé

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.