Acesso ao principal conteúdo
Guiné-Bissau

Guiné-Bissau: Voto antecipado para as Presidenciais

Uma eleitora a votar em Bissau, 24 de Novembro de 2019.
Uma eleitora a votar em Bissau, 24 de Novembro de 2019. JOHN WESSELS / AFP
Texto por: RFI
4 min

Na Guiné-Bissau, nesta quinta-feira 26 de Dezembro, é dia de voto antecipado para a segunda volta das presidenciais de domingo. Podem votar antecipadamente as forças de defesa e segurança que no dia das eleições estejam impedidas de se deslocar à sua assembleia de voto por "imperativo das suas funções", assim como os trabalhadores marítimos e aeronáuticos de longo curso, que se encontrem "deslocados no dia da eleição". Também podem votar civis se ausentes do país em missão de serviço.

Publicidade

Conforme a lei, alguns guineenses votaram, nesta quinta-feira 26 de Dezembro, um pouco por todo o território. São elementos das forças de defesa e segurança que estarão em serviço no domingo, dia da votação para a segunda volta das presidenciais.

Fernando Bacorim, presidente da comissão regional de eleições em Bissau, explicou os pormenores desta votação e também deu conta dos preparativos para a votação de domingo.

“Pessoas de defesa e segurança temos 472. Há também civis, há estudantes”, começou por afirmar Fernando Bacorim no que diz respeito à identidade dos que votaram já nesta quinta-feira 26 de dezembro. Quanto à domingo, o Presidente da comissão regional de eleições em Bissau admitiu que tudo ficou resolvido no fim de semana passado: “Todo o material já está dentro das urnas. Tudo já está pronto”, concluiu.

Fernando Bacorim, presidente da comissão regional de eleições em Bissau

Hoje é o dia do grande debate, um frente a frente, na televisão entre Domingos Simões Pereira e Umaro Sissoco Embaló.

Mais de 760.000 guineenses são chamados às urnas no domingo para escolher o próximo Presidente da Guiné-Bissau entre Domingos Simões Pereira, apoiado pelo PAIGC, e Umaro Sissoco Embaló, apoiado pelo Madem-G15.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.