Acesso ao principal conteúdo
Semana em África

CNE confirmou Presidente na Guiné-Bissau

Áudio 13:20
Imagem de Arquivo. Contagem dos votos em Bissau, no dia 24 de Novembro de 2019, durante a primeira volta das presidenciais guineenses.
Imagem de Arquivo. Contagem dos votos em Bissau, no dia 24 de Novembro de 2019, durante a primeira volta das presidenciais guineenses. André Kosters/LUSA
Por: Marco Martins
17 min

O nosso programa "Semana em África" tem como principal destaque os resultados oficiais das eleições presidenciais guineenses que foram anunciados pela CNE.

Publicidade

A Comissão Nacional de Eleições publicou os resultados definitivos da segunda volta das eleições presidenciais de 29 de Dezembro, que confirmam a vitória de Umaro Sissoco Embaló com 53,5% de votos.

Passamos ao resto da actualidade na África Lusófona,

Em Cabo Verde, Giovani Rodrigues foi a enterrar neste sábado na sua ilha natal do Fogo. Entretanto em Portugal, 5 pessoas, com idades compreendidas entre os 22 e 35 anos, foram detidas por suspeita na morte do jovem cabo-verdiano de 21 anos falecido num hospital no Porto a 31 de dezembro após ter sido espancado em Bragança 10 dias antes.

Em Moçambique, Filipe Nyusi tomou posse na quarta-feira para um segundo mandato como chefe de Estado, na presença de convidados africanos onde o único presidente europeu era Marcelo Rebelo de Sousa, de Portugal. A oposição optou pela ausência do acto.

Foram nesta segunda-feira investidos os deputados à 9a legislatura da Assembleia da República saídos da das sextas eleições gerais de 15 de outubro de 2019. Na ocasião Filipe Nyusi Presidente da Republica apelou ao novo parlamento composto por 250 deputados, dos quais 184 da Frelimo partido no poder, 60 da Renamo e apenas 6 do Movimento Democrático de Moçambique - MDM -, para trabalharem com vista a alcançar consensos nos temas de interesse nacional.

A defesa de Manuel Chang já custou ao Estado moçambicano mais de 1,5 milhões de dólares. A denúncia é do Centro de Integridade Pública, que justifica o esforço de Maputo com a necessidade “ em não ver revelada mais informação sobre as dívidas ocultas” tal como refere Borges Nhamire, investigador do CIP.

Em Angola, Isabel dos Santos admite candidatar-se à presidência da República. A empresária, filha do antigo chefe de Estado, José Eduardo dos Santos, numa entrevista à RTP, denuncia processos políticos selectivos por parte da justiça do seu país, reagindo ao arresto das suas contas pela Procuradoria e denuncia o balanço económico do actual presidente, João Lourenço.

José Eduardo dos Santos pode estar na mira dos Estados Unidos da América. A notícia é avançada pelo jornal angolano Novo Jornal, que dá conta que autoridades americanas teriam tentado accionar mecanismo para congelar bens do ex-Presidente de Angola.

Um número recorde de 45 milhões de pessoas encontram-se sob a ameaça de fome na África Austral designadamente devido à seca, inundações e dificuldades económicas, adverte o Programa Alimentar Mundial. Ao referir-se à situação desta região em seca severa nos últimos cinco anos, a responsável da delegação local do PAM, Lola Castro, estima que mais de um milhão de pessoas se encontram em situação de risco em Moçambique.

Chegamos assim ao fim desta Semana em África.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.