77 jovens proibidos de viajar para Cabo Delgado

Província de Cabo Delgado. 11 de Junho de 2018.
Província de Cabo Delgado. 11 de Junho de 2018. EMIDIO JOSINE / AFP

As autoridades da polícia moçambicana proibiram um grupo composto por 77 jovens de viajar para Cabo Delgado. A falta de documentos para justificar a viagem deixou as autoridades desconfiadas de que o grupo poderia querer juntar se ao grupo de insurgentes que, desde 2017, leva a cabo ataques contra alvos civis e militares.

Publicidade

Os 77 jovens das províncias de Niassa e de Nampula, no norte de Moçambique, justificaram a viagem a Cabo Delgado para procurar oportunidades de trabalho. O argumento não convenceu a polícia, nem o secretário de Estado para a província de Nampula, Mety Gondola.

Trata-se do segundo caso em menos de dois meses que grupos de cidadãos são impedidos de seguir viagem por recearem que ingressem nas fileiras de grupos armados que, desde 2017, protagonizam ataques armados em alguns distritos da província de Cabo Delgado, no extremo norte de Moçambique.

Correspondência de Moçambique

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI