Acesso ao principal conteúdo

Moçambique: Novo ataque em Sofala no dia da polícia

Província de Sofala
Província de Sofala Wikipedia
Texto por: Orfeu Lisboa
2 min

Um novo ataque foi registado na manhã deste domingo, no distrito de Nhamatanda, na província de Sofala, no centro de Moçambique. Uma pessoa morreu e há três feridos graves. O ataque acontece no dia em que a polícia moçambicana comemora 45 anos. 

Publicidade

São ataques como o de Nhamatanda, na província de Sofala, ocorrido este domingo, que constituem desafios para a polícia, afirmou o ministro do Interior, Amade Miquidade. 

“O combate aos insurgentes do mesmo modo estende-se a acção particularmente para a província de Sofala e para a província de Manica, onde indivíduos a solto e de interesses obscuros matam civis, inocentes, pilham bens da população”, afirmou o ministro.

A polícia, que hoje comemora 45 anos, está aberta à denúncia para acabar com a criminalidade, afirmou o comandante-geral, Bernardino Rafael. 

“Estamos abertos a todas as denúncias para podermos agir no caso da perturbação da ordem e segurança pública”, disse.

Neste dia, a comandante provincial da polícia em Maputo denunciou a existência de agentes que lideram grupos criminosos e disse que se está a trabalhar para a purificação das fileiras. 

De acordo com o jornal O País, o ataque teria ocorrido por volta das 7 horas deste domingo, a cerca de 40 quilómetros do distrito de Gorongosa. Homens armados teriam aberto fogo contra dois autocarros da Transportadora Nagi Investimentos e um da Citi Link. A vítima mortal seria uma mulher de cerca de 40 anos. Os feridos foram transportados para o Hospital Provincial de Chimoio.

Reportagem de Orfeu Lisboa

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.