Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Moçambique: Subsídio social básico garantido pelo Governo

Crianças moçambicanas. Imagem de Ilustração.
Crianças moçambicanas. Imagem de Ilustração. © AFP / UNCDF / KAREL PRINSLOO

O governo moçambicano garante que a pandemia não vai afectar o processo de pagamento de subsídio social básico às famílias mais vulneráveis.

Publicidade

O executivo prevê ainda alargar a assistência social a mais 850 mil pessoas durante a vigência do estado de emergência no país.

A Ministra moçambicana do Género, Criança e Acção Social, Nyelety Mondlane, tranquiliza assim, em tempos de pandemia de Covid-19, que o pagamento de subsídios vai continuar podendo ser alargado a mais pessoas necessitadas.

Nyelety Mondlane assegura que, para além da assistência financeira, o Governo vai distribuir comida às famílias carenciadas.

Uma aposta governamental quando Moçambique entra a partir da meia-noite deste domingo 31 de Maio de 2020 para mais um período de 30 dias, a segunda prorrogação, do estado de emergência devido à pandemia de Covid-19.

Mais pormenores com o nosso correspondente, Orfeu Lisboa.

Correspondência de Moçambique 30-05-2020

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.