Acesso ao principal conteúdo
Moçambique/Covid-19

Moçambique entre as 50 nações onde aumenta a propagação da Covid-19

Moçambique tem 234 casos positivos de Covid-19 e registou 2 óbitos, mas as autoridade de saúde estão preocupadas com discriminação e estigmatização dos infectados.
Moçambique tem 234 casos positivos de Covid-19 e registou 2 óbitos, mas as autoridade de saúde estão preocupadas com discriminação e estigmatização dos infectados. (c) Epicentre
Texto por: RFI | Orfeu Lisboa
2 min

Moçambique é uma das 50 nações no mundo onde a propagação da pandemia de Covid-19 está a acelerar de acordo com o Ministério da Saúde, que alerta para estigmatização e discriminação dos infectados.

Publicidade

O Ministério da Saúde regista com preocupação casos de estigma e discriminação contra cidadãos infectados ou afectados pela Covid-19. Uma situação, receiam as autoridades, que pode comprometer os esforços de luta contra a pandemia em Moçambique e gerar violência.

Moçambique até 29 de maio contava com 234 casos pocitivos de Sars-Cov-2 e dois óbitos e o estado de emergência está em vigor até 29 de junho.

Os números de contaminados pela pandemia da Covid 19 não param de aumentar, apesar de não haver registo nas últimas 24 horas, mas não é tudo o que está a preocupar as autoridades moçambicanas de saúde revela a directora nacional de saúde pública Rosa Marlene.

Por isso a directora nacional de saúde pública Rosa Marlene recorda aos cidadãos, que o país cumpre desde domingo (31/05) a segunda prorrogação do estado de emergência em vigor até 29 de junho, e que todos devem contribuir, ficando em casa, usando a máscara e respeitando o distanciamento social, para travar a rápida contaminação da doença.

"à medida que a pandemia da Covid-19 evolui no nosso país, temos vindo a registar com muita preocupação o surgimento de casos de discriminação de pessoas suspeitas, infectadas ou afectadas pela Covid-19, podendo evoluir para situações de violência física, facto que pode comprometer as acções de resposta, que temos que levar a cabo colectivamente, para conseguirmos contornar a pandemia", afirmou Rosa Marlene.

Moçambique é uma das 50 nações no mundo onde a propagação da pandemia de Covid-19 está a acelerar de acordo com o Ministério da Saúde.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de Covid-19 já provocou mais de 360 mil mortos e infetou mais de 5,8 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.