Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Moçambique: Amnistia Internacional apela a respeito dos direitos dos civis

Mocímboa da Praia, em Cabo Delgado, no norte de Moçambique. 8 de Março de 2018.
Mocímboa da Praia, em Cabo Delgado, no norte de Moçambique. 8 de Março de 2018. ADRIEN BARBIER / AFP
Texto por: Miguel Martins com Lusa
5 min

A Amnistia Internacional emitiu esta semana um comunicado apelando a que as forças de segurança moçambicanas protejam os civis no caso das acções contra grupos armados em Cabo Delgado, no norte do país.A organização não governamental assume a sua preocupação com as ofensivas governamentais em curso no norte do país por a situação fragilizar ainda mais populações expostas à violência de grupos armados desde Outubro de 2017.

Publicidade

O comunicado de imprensa da ong Amnistia Internacional apela a que as forças de segurança actuem contra os grupos armados activos no norte de Moçambique no sentido de "garantir que o grupo armado é responsabilizado por crimes contra o direito internacional e violações de direitos humanos em Cabo Delgado".

A população tem sido alvo de "uma violência horrível", pode ler-se.

O governo de Maputo anunciou no fim de semana que as forças de defesa e segurança tinham abatido 78 membros de grupos armados, incluindo dois cabecilhas tanzanianos, na área de Macomia.

Cerca de 550 pessoas terão morrido desde que em Outubro de 2017 grupos armados de insipiração jihadista têm aterrorizado a população e protagonizado múltiplos ataques numa área potencialmente muito rica, nomeadamente, em gás natural.

David Matsinhe é investigador sobre a África austral no seio daquela organização não governamental, ele assume a sua preocupação com a situação no terreno.

David Matsinhe, investigador da África austral na Amnistia Internacional

 

Este investigador moçambicano que chegou a estar detido em Cabo Delgado lembra o facto de a região estar inacessível e ser difícil obter informações do terreno, com um jornalista desaparecido em Palma desde há praticamente dois meses, num caso também ainda por esclarecer.

David Matsinhe, investigador moçambicano da Amnistia Internacional

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.