Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Detenção de 25 jovens em Nampula por supostamente pretenderem juntar-se a terroristas

Militares moçambicanos. Imagem de Arquivo.
Militares moçambicanos. Imagem de Arquivo. © AP - Tsvangirayi Mukwazhi
Texto por: Orfeu Lisboa
2 min

A polícia em Nampula interpelou no distrito de Rapale, 25 jovens que se suspeita iam juntar-se aos grupos terroristas que actuam na província de Cabo Delgado, no extremo norte de Moçambique. Anúncio feito pelo porta-voz da polícia em Nampula.

Publicidade

A justificação dada pelo grupo composto na sua maioria por jovens de que seguia para o distrito de Meconta também em Nampula, para um ritual tradicional não convence, revela o porta-voz da polícia nesta província do norte de Moçambique, Zacarias Nacute. “Esses indivíduos foram encaminhados pelas unidades policiais e, depois de um trabalho, serão obviamente libertados para que voltem ao seu convívio com a família. Mas em caso de existir suspeitas, poder-se-á continuar com o trabalho com eles, até se aferir a real motivação dessa movimentação em grande número”, indicou o representante das forças da ordem.

Face aos ataques que têm estado a provocar a fuga da população, o director provincial da educação em Cabo Delgado, Ivaldo Quincardete, assegura que nenhuma criança ficará sem estudar. “Estamos a fazer um levantamento para saber quantos alunos temos por classe, por cada centro, para vermos depois da retomada. Estes meninos têm que estudar, temos que encontrar realmente alternativas para as nossas crianças poderem estudar” declarou o director provincial da educação de Cabo Delgado.

Vários centros foram abertos em Cabo Delgado para acomodar a população que foge dos ataques terroristas. Em quase 3 anos de violência armada naquela região, estima-se que morreram umas 600 pessoas e que outras 200 mil tenham sido obrigadas a abandonar as suas casas para procurar lugares mais seguros.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.