Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Moçambique: Mocímboa da Praia novamente à mercê de ataques

Áudio 08:43
Mocímboa da Praia
Mocímboa da Praia Lusa
Por: Liliana Henriques
11 min

Mocímboa da Praia, em Cabo Delgado, no norte de Moçambique, tem sido novamente palco de combates entre as forças de defesa de Moçambique e grupos armados, havendo relatos de que nesta Quarta-feira, jihadistas tomaram o controlo da zona portuária, numa operação que foi reivindicada pelo grupo terrorista Estado Islâmico.

Publicidade

Depois de ontem o exército referir ter morto 59 terroristas em vários dias de combates sem contudo evocar eventuais baixas nos seus contingentes, esta Quinta-feira o Ministro moçambicano da Defesa, Jaime Neto, indicou que os combates continuam dentro daquela vila e que os insurgentes permanecem no terreno.

"O inimigo infiltrou-se em diversos bairros, trajado à civil e beneficiando de várias cumplicidades, atacando a vila de dentro para fora, causando destruição, saques e assassinato de cidadãos indefesos, com manobras de sabotagem e ataques a meios navais de socorro a partir do porto de Mocímboa da Praia", declarou Jaime Neto.

Perante esta situação, tem havido apelos para uma intervenção "urgente" da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral e da União Africana para estancar os ataques que, segundo estimativas, provocaram mais de mil mortos e 250 mil deslocados desde o seu início em 2017, sem contar os prejuízos materiais e económicos sofridos por esta região que pretende explorar em larga escala as suas riquezas naturais.

Apesar de dar pouco crédito à tese do envolvimento directo do grupo Estado Islâmico nestes acontecimentos, Adriano Nuvunga, director do Centro para Democracia e Desenvolvimento em Moçambique, considera que o facto de os insurrectos terem "equipamento sofisticado e serem cada vez mais organizados" sugere que existe "alguma coisa um pouco mais ampla por detrás de tudo isto". Este investigador contudo julga que esta situação de instabilidade poderia conhecer uma mudança em breve, com Moçambique a assumir a presidência rotativa da SADC a partir do dia 17 de Agosto.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.