Moçambique

Instrutores da escola prática da polícia serão exemplarmente responsabilizados por engravidarem 15 instruendas

Mulher grávida
Mulher grávida AFP PHOTO/Schneyder Mendoza

Os dois instrutores da escola prática da polícia de Matalane que se envolveram com instruendas e do qual resultaram duas grávidas, serão exemplarmente responsabilizados. Posição assumida pelo Ministro do Interior de visita à província de Inhambane.

Publicidade

O ministro do interior quebrou o silêncio sobre o escândalo sexual despoletado em Julho e que resultou em 15 instruendas gravidas na escola prática da polícia em Matalana.

“Durante o período em que estiveram lá, encontraram-se com os seus parceiros e de lá resultaram gravidezes 11, tivemos dois casos que aconteceram dentro do próprio centro de formação entre instruendos, dois instruendos e duas instruendas de que resultou também em gravidez e tivemos dois casos, um foi de um instrutor e outro foi de um agente do asseguramento”

Amade Miquidade garante que os dois agentes da corporação serão responsabilizados.   

Vão ser aplicadas medidas disciplinares exemplares para que desincentive os demais adoptarem por essa prática considerando que há um código de conduta que deve ser observado”.

As organizações da sociedade civil exigem a responsabilização no caso das 15 jovens que testaram positivo para a gravidez na escola prática de Matalana, um caso que veio a público através das redes sociais.

O relato é do nosso correspondente Orfeu Lisboa.

Correspondência de Maputo 03/09/2020

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI