Acesso ao principal conteúdo
Moçambique/sociedade

Deslocados do norte de Moçambique regressam compulsivamente da Tanzânia

Militares moçambicanos. Imagem de Arquivo.
Militares moçambicanos. Imagem de Arquivo. © AP - Tsvangirayi Mukwazhi
Texto por: Orfeu Lisboa
4 min

A Tanzânia repatriou 836 cidadãos moçambicanos, que fugiram aos ataques terroristas no norte do país. A informação foi avançada pelo secretário de estado de Cabo Delgado, província alvo de ataques terroristas nos últimos três anos.  Segundo Armindo Ngunga ,os refugiados moçambicanos foram obrigados pelas autoridades tanzanianas a deixarem o país.

Publicidade

Foi durante a visita a vila de hiúre, em Cabo Delgado, que Armindo Ngunga revelou o regresso à Moçambique e à província nortenha, de um grupo de deslocados dos ataques terroristas, que se tinha refugiado na vizinha Tanzânia.    

"Foram compulsivamente devolvidos para aqui e encontram-se até este momento na fronteira de Negomano em Mueda e estamos a tratar bem deles, temos todas as condições para poderem sobreviver durante o tempo que estiverem la", afirmou Armindo Ngunga, do governo da Província de Cabo Delgado.

Neste momento, segundo  revelou também o secretário de estado da provincia de Cabo delgado,  aguarda-se a conclusão do processo de testagem para a covid-19, do grupo de refugiados  moçambicanos.

 Segundo declarou Armindo Ngunga, "sendo 836 pessoas  o governo  provincial  vai provavelmente  enviar os testes para Maputo, porque as  estruturas de saúde locais não dispõem de capacidade para efectuar  testes em Pemba  rapidamente porque as pessoas deverão evacuar a zona da fronteira. Perante a situação de  emergência , em princípio, alguns testes serão encaminhados para Maputo  de formza a agilizar o processo".

A Renamo, principal partido da oposição em Moçambique, denunciou, na província de Sofala no centro do país,  a onda de perseguição e assassínios contra os seus membros, sobretudo no distrito de Nhamatanda .O citado partido acusa as forças de defesa e segurança de serem os autores.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.