Acesso ao principal conteúdo
Moçambique/Saúde

Autoridades moçambicanas exigem PCR nas fronteiras com África do Sul

Longa fila na fronteira de Ressano Garcia, a principal entre Moçambique e a África do Sul
Longa fila na fronteira de Ressano Garcia, a principal entre Moçambique e a África do Sul © LUSA - LUÍSA NHANTUMBO
Texto por: Orfeu Lisboa
4 min

Maputo seguiu os passos de Pretória e obriga que todos os cidadãos provenientes do país vizinho e que pretendam entrar para o território nacional sejam portadores do teste PCR. O anúncio foi efectuado  pelo Serviço Nacional de Migração. As autoridades moçambicanas  aplicam a medida idêntica uma semana depois das suas homólogas sul-africanas.

Publicidade

Uma semana depois do governo sul-africano rejeitar a entrada de cidadãos moçambicanos que se apresentam aos postos   fronteiriços de Ressano Garcia,Namaacha e Ponta de Ouro, com testes rápidos de despiste da covid-19, Moçambique decide responder pela mesma medida exigindo a apresentação de testes PCR.

Segundo o porta-voz do Serviço Nacional de Migração ao nível da província de Maputo, Juca Bata, a decisão implementada pelas autoridades moçambicanas está já a trazer melhorias na fluidez do movimento migratório, de pessoas e de viaturas em Ressano Garcia, principal posto de travessia entre Moçambique e África do Sul.  

O que impera neste momento éa questão dos testes da covid-19. Todos os que estão a atravessar para África do Sul têm que ter o teste PCR. Se não tiverem o teste PCR, então terão que fazer o teste rápido do lado sul-africano. Mas na verdade,   segundo ainda Bata,o  importante é que o movimento migratório está a tornar-se fluido.  

Um grupo de parlamentares da Renamo que visitou na manhã de Sábado a fronteira de Ressano Garcia, na província de Maputo, no sul do país, saudou a medida de reciprocidade adoptada pelo governo moçambicano. 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.