Moçambique

A cidade da Beira prepara-se para se despedir do seu autarca, Daviz Simango

Daviz Simango, presidente do MDM, em campanha eleitoral em 2019.
Daviz Simango, presidente do MDM, em campanha eleitoral em 2019. © Facebook

A urna contendo os restos mortais do autarca da Beira, presidente do MDM e membro do Conselho de Estado chega hoje a Moçambique segundo um anúncio do partido. Daviz Simango perdeu a vida num hospital na África do Sul, no dia 22 deste mês. O funeral oficial inicialmente marcado para sexta-feira terá lugar ás 11 horas de sábado na praça do município, na cidade da Beira.

Publicidade

A informação da chegada da urna foi avançada pelo porta-voz do Movimento Democrático de Moçambique Sande Carmona. «Conseguimos fretar um avião para transportar a urna contendo os restos mortais do senhor Presidente e tudo está sendo feito para que saia o avião de Joanesburgo para a cidade da Beira e que chegue aqui ao princípio da tarde», declarou Sande Carmona.

Estava previsto, de acordo com o porta-voz do MDM, que o avião aterrasse até às 13 horas locais mas o momento tão aguardado pelos munícipes, sobretudo na cidade da Beira ainda não aconteceu.

O pátio do Aeroporto Internacional da Beira está lotado. Membros do partido, simpatizantes, políticos, religiosos, aguardam a chegada do avião que traz a urna contendo os restos mortais de Daviz Simango falecido aos 57 anos, vítima de doença súbita no dia 22 de Fevereiro numa unidade hospitalar da África do Sul, para onde tinha sido transferido no passado dia 13 de Fevereiro.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI