#Cabo Delgado

Moçambique pede apoio para combater terrorismo

Filipe Nyusi, chefe de Estado de Moçambique
Filipe Nyusi, chefe de Estado de Moçambique Tiziana FABI / AFP

O Presidente moçambicano anunciou que o governo solicitou apoio internacional para o combate ao terrorismo em Cabo Delgado. Filipe Nyusi defendeu que cabe ao país definir as áreas em que necessita de ajuda dos parceiros, sem pôr em causa a soberania nacional. 

Publicidade

O chefe de Estado disse, esta quarta-feira, que pediu ajuda à comunidade internacional para combater o terrorismo em Cabo Delgado, sublinhando que as forças estrangeiras que vieram para o terreno não vão substituir as forças moçambicanas.

“Esse apoio bilateral ou multilateral está a ser avaliado sabendo quais são as áreas que carecemos de ajuda e quais as áreas que nos compete a nós como moçambicanos. Os que chegarem de fora, não nos virão substituir, virão para nos apoiar. Não se trata de orgulho vazio, trata-se de sentido de soberania, trata-se de saber que nenhuma guerra é vencida se não for claro desde o início, o que deve ser feito pelo próprio país e o que deve ser feito pelos aliados”, referiu.

Vários países já ofereceram  apoio militar no terreno a Maputo para combater estes insurgentes, mas, até ao momento, ainda não existiu abertura para isso, contudo há relatos e testemunhos que apontam para a existência de empresas de segurança e de mercenários na zona.

Filipe Nyusi anunciou também a realização, em Maputo, da Cimeira da Dupla Troika da SADC que vai analisar a segurança e a luta contra o terrorismo na região.

Para avaliar a situação da segurança em Moçambique. Nesse encontro iremos em conjunto definir mecanismos para a erradicação do terrorismo na região”, explicou.

O encontro das chefias militares da região decorre hoje à porta fechada. Em cima da mesa está a situação de instabilidade no norte de Moçambique, resultante da ação de grupos terroristas e do extremismo violento. 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI