Moçambique/França

Governo francês vai ajudar vítimas dos ataques terroristas em Moçambique

Habitantes de Palma no norte de Moçambique evacuados depois de ataque chegam a Pemba
Habitantes de Palma no norte de Moçambique evacuados depois de ataque chegam a Pemba Alfredo Zuniga AFP/Archivos

O governo francês aprovou um financiamento de vários milhões de euros para apoiar as vítimas dos ataques terroristas no extremo norte de Moçambique. O anúncio foi feito em Maputo por David Izzo, embaixador francês em Moçambique. O montante da ajuda ainda não foi revelado.

Publicidade

O diplomata francês David Izzo teve um encontro com Roque Silva, secretário-geral da Frelimo, partido no governo, para anunciar a ajuda do governo francês às vítimas da violência armada no norte de Moçambique.

"A França confirmou importantes financiamentos nas últimas semanas a favor do Programa de Apoio e de Ajuda às pessoas deslocadas, vitimas da violência terrorista em Cabo Delgado".

Roque Silva, secretário-geral da Frelimo, referiu que saiu satisfeito do encontro que manteve com uma delegação do Ministério dos Negócios Estrangeiros e de Cooperação de França.

"Sentimos neles o reiterar do compromisso de continuar a trabalhar no apoio humanitário que é um dos grandes dramas que o país está neste momento a viver".

A presença de Moçambique na cimeira de financiamento França - África a ter lugar no dia 18 deste mês, em Paris, também foi abordada no encontro entre a missão francesa e o secretário geral do partido no poder.

De salientar que os ataques terroristas contra Palma, província de Cabo Delgado, ocorreram no passado dia 24 de março.

Oiça aqui a correspondência de Orfeu Lisboa.

Correspondência de Maputo, 13/5/2021

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI